fbpx
Acesse o Portal do Aluno

Avidus School participa da maior Maker Faire do mundo!

A feira recebe anualmente mais de 200.000 pessoas e reúne “fazedores” e entusiastas da tecnologia, cultura pop, engenharia e cultura maker no geral. 

Se alguém me dissesse, ano passado, que eu, Mr. Sampaio e a Avidus School seríamos os primeiros representantes da educação brasileira na Maker Faire European Edition, eu não acreditaria. Na verdade, até hoje não sei se acredito que apresentamos, no mesmo evento que a Agência Espacial Italiana, a Arduino e uma banda de rock de robôs gigantes. Aprendemos muita coisa naqueles três dias que nos fizeram repensar a educação e desejar ir cada vez mais longe. São algumas dessas lições que eu gostaria de compartilhar com vocês.

Maker matters
Imagem: Vaso autorregável com luz UV controlável

Quando chegamos a Roma, vimos a cidade tomada pela Maker Faire. Havia outdoors em todo lugar e vídeos anunciavam o evento até nas estações de Metrô. No nosso hotel, havia famílias que viajaram só para que os filhos fossem inspirados pela feira. Vimos 135 mil pessoas pagarem ingressos mais caros que os do Coliseu para estarem lá. Isso nos mostrou a importância do movimento Maker para a comunidade europeia e a consciência que eles têm sobre o presente e o futuro da educação inovadora. Não se pode mais pensar em ensino de primeiro mundo sem incluir a cultura Maker.

The future is green [if everything works out]
Imagem: Plantação de aquicultura e hidroponia

A Maker Faire European Edition funcionou com pegada de carbono zero. Descartáveis, especialmente os não biodegradáveis, foram evitados ao máximo. Um pavilhão inteiro foi dedicado à sustentabilidade e à agricultura inteligente. Até no Uber, a caminho do evento, fomos questionados sobre o desmatamento ilegal na Amazônia. A lição que fica para nós, educadores, é que nosso trabalho, em pleno século XXI, precisa refletir uma consciência ecológica sensível todos os dias. Nossos alunos precisam entender que a ação antrópica irresponsável com recursos naturais escassos tem graves consequências, e que precisamos mudar nossa maneira de pensar e de agir para que tenhamos um planeta sadio para todos. 

We are on the right path

Ser a primeira escola brasileira em um evento como esses, e saber que a comunidade Maker europeia nos escolheu e quis aprender conosco, é mais do que só prestígio. Esse evento nos trouxe a certeza de que nosso trabalho é relevante e de que estamos no caminho certo. Não foi fácil assumir o pioneirismo na aplicação do Maker-Centered Learning da educação infantil brasileira, mas já conseguimos ver os frutos dessa aventura em menos de um ano de história. A Avidus School já é referência internacional em ensino Maker e só conseguimos isso com muito trabalho em equipe e um apoio imenso da nossa comunidade escolar. Parabéns a todos nós! O espaço sideral é o nosso limite!


Ivna Rolim

Diretora de Inovação e Qualidade

Ivna é educadora, criadora e apaixonada por descobrir novas abordagens e ferramentas para assistir professores e alunos a criar ambientes de aprendizado do século XXI.  

Voltar